Qualidade

Pioneiros no Brasil, a utilização das certificações internacionais

Pioneiros no Brasil, a utilização das certificações internacionais tem sido uma das metas das empresas White Martins, com o objetivo de aumentar a produtividade e melhorar a qualidade de nossos processos, produtos e serviços, assegurando assim a competitividade no mercado nacional e internacional e o atendimento às necessidades dos nossos clientes nos mais diversos segmentos.

Certificação ISO 9001
Desde dezembro de 1993, a fábrica de Gases Especiais da White Martins em Osasco, está certificada conforme a norma ISO 9001, sendo a primeira unidade de Gases Especiais da América Latina a obter esta qualificação.

A fabricação e o desenvolvimento de produtos, bem como a prestação de serviços analíticos de Gases Especiais são regidos por este sistema da qualidade, o que significa que todos os procedimentos, controles e documentos estão descritos em normas e manuais que permitem a rastreabilidade das operações e a garantia da qualidade dos produtos.  

Para garantir que todas as etapas do processo sejam cumpridas dentro do nível de exigência esperado, a White Martins reforça o treinamento contínuo de todos os funcionários, bem como a manutenção adequada dos equipamentos e estabelecimento de rígidos controles e registros, requisitos considerados de suma importância dentro do Sistema da Qualidade. Faça o download do Certificado BRTUV 2012.

CLF 0029 NBRAcreditação pelo INMETRO
O Laboratório de Controle de Qualidade de Gases Especiais em Osasco - SP, também é acreditado pelo INMETRO e faz parte da Rede Brasileira de Laboratórios de Ensaios (RBLE) de acordo com a norma NBR ISO/IEC 17025 nos ensaios indicados na tabela abaixo. Faça o download do Certificado INMETRO 2012.

Ensaios químicos acreditados pelo Inmetro de acordo com a norma NBR ISO/IEC 17025:2005

ENSAIO NORMA
Determinação de Hidrocarbonetos (Propano), processo de ionização de chama, faixa de concentração de 3 micromol/mol a 3000 micromol/mol. NBR 12858/2004, item 4.1
Determinação de Hidrocarbonetos (Propano), cromatografia a gás com detector de ionização de chama, faixa de concentração de 3 micromol/mol a 3000 micromol/mol. NBR 12858/2004, item 4.1
Determinação de Hidrocarbonetos (Metano), com detetor de ionização de chama, faixa de concentração de 2,5 micromol/mol a 300 micromol/mol. NBR 12858/2004, item 4.2
Determinação de Dióxido de Carbono (CO2), processo de absorção de raios infravermelho não dispersivo (IND), faixa de concentração de 0,9% mol/mol a 20% mol/mol. NBR 12858/2004, item 4.3
Determinação do Monóxido de carbono (CO), processo de absorção de raios infravermelhos não dispersivo (IND), faixa de concentração de 12,5 micromol/mol a 10% mol/mol. NBR 12858/2004, item 4.3
Determinação de Óxido Nítrico (NO), processo de quimiluminescência, faixa de concentração de 3 micromol/mol a 3000 micromol/mol. NBR 12858/2004, item 4.4